5 planos de aula de Química para o 9º ano do EF

Carolina Batista
Carolina Batista
Professora de Química

No 9º ano do Ensino Fundamental, o componente curricular Ciências Naturais abrange os conteúdos relacionados com Química, Física e Biologia.

A Química estuda a estrutura, a composição e as propriedades da matéria, além das transformações que envolvem matéria e energia. Para entender do que são feitas todas as coisas, os alunos no 9º ano devem estudar a estrutura da matéria e os aspectos das transformações químicas.

A seguir, confira 5 planos de aula elaborados de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para trabalhar os conteúdos:

  • Modelos Atômicos
  • Tabela Periódica
  • Ligações Químicas
  • Reações Químicas
  • Substâncias Químicas

Plano de aula 1 - Modelos Atômicos

Tema Modelos atômicos
Unidade temática Matéria e Energia
Objetos do conhecimento Estrutura da matéria
Habilidades EF09CI03 - Identificar modelos que descrevem a estrutura da matéria (constituição do átomo e composição de moléculas simples) e reconhecer sua evolução histórica.
Objetivos

Com esta aula o aluno será capaz de

1. Traçar uma linha cronológica sobre o desenvolvimento histórico-científico do estudo da constituição da matéria, desde o conceito de átomo criado por filósofos gregos até o modelo atômico atual.

2. Diferenciar os modelos atômicos desenvolvidos, as teorias relacionadas e a evolução da representação da estrutura do átomo.

3. Ser capaz de identificar e diferenciar as partículas que compõem o átomo.

Conteúdo
  • História da constituição da matéria
  • O átomo - unidade estrutural da matéria
  • A evolução dos modelos atômicos
    • Modelo atômico de Dalton
    • Modelo atômico de Thomson
    • Modelo atômico de Rutherford
    • Modelo atômico de Rutherford-Bohr
    • Modelo atômico atual
Duração Duas aulas de 50 minutos
Recursos didáticos
  • Quadro branco
  • Pincéis para quadro
  • Apresentação em slides
  • Livro didático
  • Folha de atividade
Metodologia

1. Discussão sobre a composição da matéria

Apresentar diferentes materiais aos alunos e instigar o debate sobre do que eles são formados, aprofundar-se nas características até chegar ao componente comum de todos eles: o átomo.

2. Apresentação teórica do tema

Apresentar a evolução das teorias para a composição dos materiais, o conceito de átomo e a contribuição dos cientistas para a criação de modelos que representassem os átomos.

Ressaltar as diferenças entre os modelos atômicos e destacar que informações sobre o átomo foram descobertas e propiciaram a criação de novos modelos.

3. Avaliação

Permitir que o aluno coloque em prática o que aprendeu utilizando uma lista de exercícios.

Avaliação

Avaliação contínua pela participação do aluno nas atividades e discussões
Exercícios com questões objetivas e discursivas para avaliar a aplicação do conhecimento

Referências

Textos do Toda Matéria:

Utilize a nossa videoaula como recurso audiovisual para abordar o conteúdo:

Para testar os conhecimentos, confira questões com resolução comentada sobre Modelos Atômicos.

Plano de aula 2 - Tabela Periódica

Tema Elementos químicos e sua organização
Unidade temática Matéria e energia
Objetos do conhecimento Estrutura da matéria
Habilidades EF09CI03 - Identificar modelos que descrevem a estrutura da matéria (constituição do átomo e composição de moléculas simples) e reconhecer sua evolução histórica.
Objetivos

Com esta aula o aluno será capaz de

1. Entender o processo histórico de classificação dos elementos químicos e sua importância.

2. Assimilar o conceito de número atômico e relacionar a configuração eletrônica do átomo com a posição dos elementos na tabela.

3. Conseguir localizar um elemento químico na tabela e interpretar as principais informações.
Conteúdo
  • Evolução histórica da classificação dos elementos químicos
  • Representação do elemento químico: nome e símbolo
  • Número atômico e ordenação dos elementos na Tabela Periódica
  • Organização da Tabela Periódica: grupos e períodos
Duração 50 minutos
Recursos didáticos
  • Quadro branco
  • Pincéis para quadro
  • Apresentação em slides
  • Livro didático
  • Folha de atividade
Metodologia

1. Evolução da classificação dos elementos químicos

Apresentar os modelos utilizados para classificar os elementos químicos, quem foram seus criadores, que elementos eram conhecidos até então e que informações utilizaram antes de chegar ao padrão atual.

2. Apresentação dos elementos químicos

Mostrar aos alunos elementos químicos, como são representados na tabela e onde podem ser encontrados no dia a dia. Destacar a descoberta de alguns elementos, como o fósforo, primeiro elemento descoberto, o hidrogênio, elemento mais abundante do universo, e mercúrio, único metal em estado líquido em temperatura ambiente.

3. Número atômico e estrutura do átomo

Revisar a estrutura do átomo e identificar onde estão localizados os prótons. Explicar porque a tabela periódica está organizada em ordem crescente de número atômico, ou seja, número de prótons.

4. Apresentação da Tabela Periódica

Destacar que os 118 elementos químicos conhecidos estão distribuídos em 18 grupos e 7 períodos da Tabela Periódica e qual a importância dessa ferramenta. Definir o que são grupos e períodos apresentando as principais características.

Avaliação

Avaliação contínua pela participação do aluno nas atividades e discussões
Exercícios com questões objetivas e discursivas para avaliar a aplicação do conhecimento

Referências

Textos do Toda Matéria:

Utilize a nossa videoaula como recurso audiovisual para abordar o conteúdo:

Para testar os conhecimentos, confira as listas de exercícios com resolução comentada: questões sobre a organização da Tabela Periódica e questões gerais sobre a Tabela Periódica.

Plano de aula 3 - Ligações Químicas

Tema Evolução dos modelos atômicos
Unidade temática Matéria e Energia
Objetos do conhecimento Estrutura da matéria
Habilidades

EF09CI03 - Identificar modelos que descrevem a estrutura da matéria (constituição do átomo e composição de moléculas simples) e reconhecer sua evolução histórica.

Objetivos

Com esta aula o aluno será capaz de

1. Identificar o conceito de ligações químicas e os principais tipos (iônica, covalente e metálica).

2. Explicar porque os átomos se unem e como se formam as substâncias químicas.

3. Definir a regra do octeto, explicar o que é a valência dos átomos e sua importância para o estudo das ligações químicas.

4. Reconhecer, descrever e caracterizar os modelos de ligações químicas, como ocorrem e que tipos de compostos formam.

Conteúdo
  • O que é uma ligação química?
  • Revisão de estrutura do átomo, distribuição eletrônica e número de valência
  • Teoria do octeto
  • Tipos de ligações químicas
    • Ligação covalente
    • Ligação metálica
    • Ligação iônica
  • Formação de íons (cátions e ânions)
  • Como utilizar a Tabela Periódica no estudo das ligações químicas
Duração Duas aulas de 50 minutos
Recursos didáticos
  • Quadro branco
  • Pincéis para quadro
  • Apresentação em slides
  • Livro didático
  • Folha de atividade
Metodologia

1. Como se formam as substâncias químicas?

Utilize exemplos práticos e cotidianos para estimular o desenvolvimento de ideias na sala de aula sobre a composição dos materiais. Você pode utilizar como exemplo o sal de cozinha e o açúcar para apresentar as diferenças entre as propriedades e estruturas dos compostos para que os alunos reflitam até chegar ao conceito de ligação química.

2. Teoria do octeto

Apresente a estrutura de Lewis aos alunos e a distribuição eletrônica para representar os átomos e facilitar a visualização da camada de valência e dos elétrons de valência. Introduza o conceito de teoria do octeto e utilize o grupo dos gases nobres como exemplo para comparar a sua estabilidade e características com elementos de outros grupos, como os metais alcalinos e os halogênios.

3. Tipos de ligações químicas

Defina cada tipo de ligação química e destaque como ocorrem, para que servem e os tipos de ligações químicas. Continue utilizando exemplos práticos para que os alunos sejam capazes de relacionar os conceitos aprendidos com questões cotidianas.

O intuito da aula é apresentar uma visão geral sobre as ligações químicas. Posteriormente, aulas específicas para cada tipo devem ser ministradas para se aprofundar no tema.

4. Tabela Periódica e o estudo das ligações químicas

Introduza as propriedades periódicas eletronegatividade e eletropositividade e como elas são importantes para a realização das ligações químicas. Mostre na Tabela Periódica onde estão os elementos com maior tendência de doar e receber elétrons.

Avaliação

Avaliação contínua pela participação do aluno nas atividades e discussões
Exercícios com questões objetivas e discursivas para avaliar a aplicação do conhecimento

Referências

Textos do Toda Matéria:

Utilize a nossa videoaula como recurso audiovisual para abordar o conteúdo:

Para testar os conhecimentos, confira questões com resolução comentada sobre ligações químicas.

Plano de aula 4 - Reações Químicas

Tema Reações químicas
Unidade temática Matéria e Energia
Objeto do conhecimento Aspectos quantitativos das transformações químicas
Habilidades

EF09CI01 - Investigar as mudanças de estado físico da matéria e explicar essas transformações com base no modelo de constituição submicroscópica.

EF09CI02 - Comparar quantidades de reagentes e produtos envolvidos em transformações químicas, estabelecendo a proporção entre as suas massas.

Objetivos

Com esta aula o aluno será capaz de

1. Ter uma visão geral da ocorrência de uma reação química e como as substâncias são formadas.

2. Ser capaz de reconhecer os símbolos dos elementos químicos, escrever uma equação química e identificar produtos e reagentes.

3. Reconhecer os tipos de reações químicas.

Conteúdo
  • O que é uma reação química?
  • Diferença entre transformação química e transformação física
  • Representação das reações químicas
  • Leis das reações químicas
    • Lei da conservação das massas (Lei de Lavoisier)
    • Lei das proporções constantes (Lei de Proust)
    • Lei das proporções múltiplas (Lei de Dalton)
  • Tipos de reações químicas
    • Reação de síntese ou adição
    • Reação de análise ou decomposição
    • Reação de simples troca ou deslocamento
    • Reação de dupla troca
Duração Três aulas de 50 minutos
Recursos didáticos
  • Quadro branco
  • Pincéis para quadro
  • Apresentação em slides
  • Livro didático
  • Folha de atividade
Metodologia

1. O que é uma reação química?

O professor pode utilizar um fenômeno químico cotidiano para ilustrar uma reação química, como a ferrugem em um prego, combustão da madeira ou efervescência de um comprimido, e estimular a participação dos alunos na enumeração de efeitos que visivelmente indicam a ocorrência de uma reação, como mudança de cor, mudança de temperatura, formação de sólido e liberação de gases. Após isso, reunir as informações e em conjunto chegar a definição de uma transformação química.

2. Diferença entre transformação química e transformação física

Apresentar diversos fenômenos e pedir que os alunos os classifiquem como transformação física e química. Focar na observação da composição dos materiais antes e depois da transformação e enfatizar o tipo de mudança observada na estrutura para distinguir os fenômenos físicos e químicos quanto à formação ou não de novas substâncias.

3. Representação das reações químicas

Utilizar a Tabela Periódica para orientar como descrever os compostos químicos e, consequentemente, os elementos químicos envolvidos na reação.

Iniciar fazendo representações genéricas para fixar a definição e apresentar os membros de uma equação química. Por exemplo, para uma reação de adição A e B são reagentes e AB é o produto:

A + B → AB

Depois, introduzir reações químicas que realmente acontecem. Para este tipo de reação, temos a formação do sulfeto de ferro II.

Fe + S → FeS

Deve-se também reforçar a importância do balanceamento das equações químicas e que a quantidade de átomos presentes nos reagentes deve ser igual ao número de átomos no produto. Também, descrever o estado físico dos componentes: sólido (s), líquido (l) e gasoso (g).

4. Leis das reações químicas

As leis ponderais são as leis que regem as reações químicas e fornecem orientações sobre os aspectos quantitativos das transformações. Por isso, o aluno deve ser capaz de fixar os enunciados dessas leis e aplicá-los na escrita das reações químicas.

5. Tipos de reações químicas

Apresentar os diferentes tipos de reações químicas através de vídeos, por exemplo, com transformações no cotidiano para que facilite a percepção da estrutura dos compostos químicos.

Além disso, apresentar as condições para que as reações ocorram e onde representá-las na equação química, como luz, calor, catalisador, etc.

Avaliação Avaliação contínua pela participação do aluno nas atividades e discussões
Exercícios com questões objetivas e discursivas para avaliar a aplicação do conhecimento
Referências

Textos do Toda Matéria:

Plano de aula 5 - Substâncias Químicas

Tema Substâncias químicas
Unidade temática Matéria e energia
Objeto do conhecimento Estrutura da matéria
Habilidades EF09CI03 - Identificar modelos que descrevem a estrutura da matéria (constituição do átomo e composição de moléculas simples) e reconhecer sua evolução histórica.
Objetivos

Com esta aula o aluno será capaz de

1. Entender o conceito de substância química.

2. Interpretar a composição de substâncias no cotidiano.

3. Diferenciar substâncias simples e substâncias compostas.

4. Diferenciar compostos iônicos e moléculas.

Conteúdo
  • O que é uma substância química?
  • Substância simples
  • Substância composta
  • Compostos iônicos
  • Moléculas
Duração 50 minutos
Recursos didáticos
  • Quadro branco
  • Pincéis para quadro
  • Apresentação em slides
  • Livro didático
  • Folha de atividade
Metodologia

1. Apresentar diferentes substâncias e a fórmula química que representa a composição de cada uma delas. Demonstrar através de representação dos átomos dos elementos químicos que as substâncias podem ser formadas por um tipo de elemento (substâncias simples) ou por mais de um elemento químico (substâncias compostas).

2. Relembrar os conceitos de ligações químicas e explicar como os átomos se unem para formar compostos iônicos (ligação iônica) e moléculas (ligações covalentes).

3. Lembrar que além de substâncias puras, os materias que conhecemos também podem ser formados por misturas (homogêneas ou heterogêneas), e apresentar exemplos para que os alunos sejam capazes de diferenciar.

Avaliação

Avaliação contínua pela participação do aluno nas atividades e discussões
Exercícios com questões objetivas e discursivas para avaliar a aplicação do conhecimento

Referências

Textos do Toda Matéria:

Confira também:

Plano de aula (como fazer, modelos e exemplos)
Plano de aula remota (como fazer, modelos e exemplos)

Carolina Batista
Carolina Batista
Bacharela em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018) e Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011).